Início » Curiosidades » Entenda porque muçulmanas não podem mostrar o cabelo

Entenda porque muçulmanas não podem mostrar o cabelo

O uso do véu vai muito além de um hábito cultural, o viés religioso é amplamente presente na vestimenta.

O véu islâmico, ou hijab, faz parte da cultura muçulmana. Ao contrário do que se pensa, ele não é obrigatório na maioria dos países, exceto no Irã, porém seu uso está previsto no Alcorão a partir do primeiro período menstrual. 

“Dize às fiéis que recatem os seus olhares, conservem os seus pudores e não mostrem seus atrativos, além dos que (naturalmente) aparecem; que cubram o colo com seus véus…”

Alcorão, 24:31

Para as mulheres o véu é parte importante da vestimenta, ele serve para preservar a modéstia e está muito além de um adereço da moda ou uma simples manifestação cultural.

É um hábito que tem o objetivo de evitar a sexualização da mulher e a atração do homem, algo que mesmo nos tempos atuais é bastante relevante na cultura muçulmana.

Tal finalidade é amplamente questionada, já que pode representar uma opressão feminina e torna-se discutível principalmente por pessoas de costumes ocidentais.

A maneira como as muçulmanas se vestem é reforçada pela cultura do país em que elas vivem. A forma de usar o véu varia de acordo com a região e, em alguns lugares, é comum que cubram o rosto também. 

O uso do véu para esconder o cabelo é algo que não podemos tratar com simplicidade. Não é só sobre usar ou não usar. É preciso entender a realidade em que a mulher vive, a relação dela com o traje e o quanto isso vai de encontro suas crenças.